Pra quando você fizer 37
Cartas

Pra quando você fizer 37

Por em 16 de dezembro de 2014

Para ler ouvindo:

 

Anteontem você fez 27. Chorou feito criança no seu canto porque parou para analisar os últimos 10 anos e descobriu que não chegou nem perto de onde queria estar. E os anos voaram.

Aí você se sentiu velha. Porque você tá mais perto dos 30 do que dos 20 e…. existe vida após os 30? Bom… se você um dia ler essa carta vai descobrir que existe. Então, antes que você comece a lamentar de novo sobre os anos “perdidos”, eu preciso te lembrar de algumas coisas:

Há 10 anos você nem maior de idade era. Tinha acabado de terminar o colégio e estava brigando por uma vaga na Universidade. Você queria fazer Teatro. Aí você fez 18 anos, foi na sua primeira balada para maiores (se sentindo a pessoa mais adulta do mundo), foi ao bingo (não porque você queria, mas porque você podia), tirou a carteira de motorista, passou no vestibular e começou a conhecer um novo mundo: o universitário.

E nessa época você não precisava trabalhar para pagar as contas, lembra como era bom? Aí você descobriu que passar no vestibular não era o último passo para começar a vida adulta, era o primeiro. Além de estudar uma nova profissão, você teria que fazer escolhas difíceis. Daquelas de abandonar tudo que você achava que sabia para se jogar no incerto.

Então você largou a faculdade de Teatro e começou a fazer Publicidade. Doeu ter que abandonar os amigos, a rotina, a profissão. Mas você conheceu um caminho novo, amigos incríveis e experiências fantásticas. Daquelas que você sonhava, mas nem imaginava realizar. De repente a dúvida virou certeza – para alguns anos depois virar dúvida de novo.

Foi quando você descobriu que nada é pra sempre. Nem o trabalho, nem os amigos, nem a vida (essa arrancou um pedaço irrecuperável de você). E você seguiu em frente. A gente sempre segue.

O dia da formatura finalmente chegou e foi exatamente como você havia sonhado. E de novo você percebeu que o fim era só um começo. Começo de uma nova vida, de novas responsabilidades, de novas realizações.

Nesses 10 anos você mudou tudo e nada ao mesmo tempo. Manteve a essência (ainda bem) conheceu novos lugares, novas pessoas, novos amores, novas decepções e muitas dúvidas (porque certeza mesmo você aprendeu que não são tão certas assim). E você chorou, chorou muito, pelos fatos e pessoas que desmoronaram o seu mundinho perfeito (todo mundo tem o seu). Mas você também deu muitas gargalhadas para compensar todos os tropeços tortos.

Então, quando você ler essa carta, daqui a 10 anos, olhe para trás e veja tudo que você fez e imagine tudo que poderá fazer nos próximos 10. A felicidade é feita de momentos. E por serem tão pequenos a gente acha que não existem, mas eles estão lá, eles sempre estarão. Se a gente não acreditar nisso, o que adianta continuar vivendo?

Feliz Aniversário!

 

Imagem do post: Flickr

TAGS

16 de dezembro de 2014

16 de dezembro de 2014

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR
azul-royal
Azul Royal

3 de maio de 2016

promessas-mindinho
Promessas de mindinho

21 de abril de 2016

amor-a-dois
Amor a dois

14 de abril de 2016

DEIXE UM COMENTÁRIO

Brasil

Somos um blog sobre relacionamentos, desencontros da vida e situações do acaso. Mas não espere encontrar a solução para os seus problemas em nossos textos. Não somos donos de divãs, e nem ousamos ser, mas somos todos ouvidos se você quiser compartilhar suas histórias, seus pensamentos e, quem sabe, um pouquinho da sua vida. Esperamos que você curta cada linha que a gente escrever, e se você parar para refletir um pouco sobre elas, já valeu a pena ter encontrado você por aqui. Seja bem-vindo!

CATEGORIAS
CURTA NOSSA PÁGINA
Receba por email

Cadastre o seu e-mail e receba conteúdo exclusivo do blog, dicas e acompanhe nossas atualizações.


@MEUSDESENCONTROS
ARQUIVOS